terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Moradores reclamam de falta de segurança na Praça da Bandeira e PM faz abordagens

Moradores da Praça da Bandeira reclamam que o local a noite está ficando perigoso devido a presença de pessoas que utilizam bebidas alcoólicas,  o que impossibilita que pessoas possam frequentar a mesma com tranquilidade. A Polícia Militar nesta terça a noite fez uma abordagens no local, atendendo apelos dos moradores. Segundo informações nada foi encontrado. Mas moradores me enviaram vídeo,  agradeceram a atenção dos policiais, sob o comando do Tenente Getúlio Rabelo.
moradores da área informam que a venda de cachaça e outras bebidas por parte de alguns comerciantes incentiva a permanência de andarilhos no local e alguns que não compactuam com esse procedimento, são considerados ruins. Há a necessidade do retorno da ronda da secretaria de assistência social, recolhendo e tentando amenizar esse problema, ronda essa que no governo do ex prefeito Bene Guedes e dava certo.

Escuridão total no Nova Leopoldina por falta de poda nas arvores

Morador me envia vídeo demonstrando como a noite está perigosa na Nova Leopoldina, árvores tampando totalmente a claridade dos postes.
Veja a situação dá rua Aloísio Soares Fajardo e José Paulo Lupatine, comprovando o que eu já havia comentado no blog.
A moradora disse ainda que há postes queimados e apesar de reclamarem com a empresa responsável nada foi resolvido.

Por que não se utiliza os profissionais da cidade para fazerem as operações de catarata

Foto: site Marcelo Lopes 
Há poucos dias fiz um comentário se agora haveria novos atendimentos da carretas da saúde, como no ano passado e em conversa com um profissional da área de oftalmologista o mesmo disse que não entende a cidade de Leopoldina e a região, no ano passado, mais precisamente no dia 17 de setembro, a unidade móvel Carreta da Visão, credenciada junto ao CISUM – Consórcio Intermunicipal de Saúde União da Mata, sediado em Leopoldina. O veículo ficou estacionado entre a Praça Félix Martins e o Centro Cultural Mauro de Almeida, no centro da cidade, onde permanecu até  sexta-feira, 23, para a realização de até 180 procedimentos cirúrgicos no período, atendendo uma demanda reprimida dos 11 municípios integrantes do consórcio.
Segundo informações deste profissional as operações realizadas saíram em um custo de aproximadamente R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) por pessoa e foram realizadas dentro da tal carreta e por profissionais do estado de São Paulo, o mesmo esclareceu que o preço das mesmas cirurgias na cidade, realizada no hospital que é bem mais estruturado e um ambiente mais propício para a realização dos mesmos gira em torno de R$ 600,00 (seiscentos reais) a R$ 800,00 (oitocentos reais) e ainda alertou que alguns pacientes que foram operados nesta carreta ainda tiveram problemas pós operatória e ao procurarem as autoridades foram informados que não poderiam fazer nada pois os profissionais são de fora e as pessoas estão fazendo tratamento na cidade com os oftalmologistas daqui. Se os valores forem verdadeiros fica a pergunta do o por que?
É curioso essa informação pois os valores saem praticamente com 50 % do valor pago e não há conversas com os profissionais locais nesse sentido, segundo minha fonte. Uma boa investigação dos atuais vereadores e até mesmo da promotoria para verificar se realmente isso foi verdade e para que se evite esses erros no futuro, já que o que passou já se tornou passado.
Como eu mesmo já disse, acredito que a saúde poderia ser muito melhor se houvesse uma pessoa independente e que procurasse os profissionais das áreas da saúde de Leopoldina, desde pediatras, cardiologistas e outras áreas da medicina e fizessem um acordo visando atender melhor a população, pois acredito que seria uma solução caseira e daria mais agilidade, valorizaria os profissionais locais e geraria renda e conforto para os leopoldinenses.
O profissional da área me disse que não criou problemas pois entende que não deva se meter em política, mas se sente desprestigiado perante o poder público e que sempre está pronto a ajudar a comunidade em trabalhos sociais.
O curioso é que as pessoas prejudicadas ou que tiveram problemas após a cirurgia ficaram quietas e muitas devem estar arcando com o custos do tratamento pós cirúrgico. 

Informações extraoficiais dão conta que Prefeito poderá ter maioria na Câmara de Vereadores

Recebi a informação extraoficial de que o candidato Cícero Rodrigues da Silva ganhou o direito de ter seu registro de candidatura ser deferido, ou seja, os votos que ele recebeu nas eleições de 2016 passariam a ser válidos e com isso ocorreria uma mudança na composição da câmara de vereadores.
Cícero Rodrigues teve 304 votos não computados e ainda aparece no TSE e TRE indeferido, mas caso seja verdade a sua coligação PHS-PSC varia mais um vereador, no caso retornaria o Afredo Mendes e sairia o vereador do PV/PRB/REDE, Valdilucio Malaquias (Didi da Elétrica) que foi eleito por média, ou seja, por sobras das coligações.
Não há confirmação desta mudança pelo menos oficialmente nos sites dos tribunais eleitorais mas a conversa já está nas ruas e sabe-se que o vereador Cícero Rodrigues estava recorrendo da decisão de ter sua candidatura indeferida e o caso já foi julgado, mas não consegui ver o resultado da votação do plenário do TRE MG, a informação foi me passada por pessoas envolvidas nas eleições de 2016.
Na realidade ainda deverá ter algumas brigas nesse sentido a coligação do vereador Didi deverá recorrer da decisão.

O vereador Didi da Elétrica ficou chateado com o blog por ter divulgado a informação e como ainda deverá demorar a solução, achou que ficou exposto e seu telefone não parou de tocar, segundo ele. Mas a nossa intenção foi apenas informar a situação do momento. Peço desculpas pelos transtornos e já esclareci o fato na matéria do Juiz Eleitoral do que pode acontecer.



Professores da rede pública poderão fazer mudança de locais nos dia 02 e 03 de fevereiro de acordo com disponibilidade de vagas

Os professores da rede pública municipal terão nos dia 02 e 03 de fevereiro a oportunidade de mudança de locais de trabalho, pois a mesma só poderá acontecer em comum acordo entre a secretária de educação e o professor envolvido, mediante a vaga em local desejado. Essa foi uma grande conquista dos professores, no governo do ex prefeito Bené Guedes, na qual os professores estavam, anteriormente, sujeitos a serem transferidos de um local a outro sem seu consentimento e consequentemente sujeitos a perseguições políticas. Veja o Edital de lotação e mudança de lotação de Professores publicado no dia 31 de janeiro no diário oficial do município:

Prefeitura de Leopoldina adquire passes escolares das empresas para atender a área da educação

Foi publicado no diário oficial a aquisição de compra de passes escolares para atender aos alunos da rede pública de ensino. Os extratos de compra demonstram os valores combinados para todo o ano de 2017:
Viação Bassamar Ltda         - R$   52.700,00
Leopoldina Turismo Ltda.   - R$   53.570,00
Viação Leopoldinense Ltda - R$ 815.859,00
Lembrando que o passe escolar foi uma conquista deste governo em administrações anteriores e foi um grande problema, por cortes no governo do ex prefeito Bené Guedes.

Vereadores vão visitar ponte com problemas em Providência e há divergências de data da construção e inauguração

O diretor de Imprensa da Câmara Municipal de Leopoldina, Arnaldo Spindola, publicou ontem a noite no seu face a seguinte notícia:
"Nesta segunda-feira (30/01), o Presidente da Câmara, Pastor Darci Portella e os vereadores Jacques Villela e Rogério Campos Machado estiveram vistoriando a Ponte Arranchador, localizada na estrada de Providência, sobre o Rio Pirapetinga. A obra foi executada pela Construtora CMG de Pirapetinga, com recursos municipais na ordem de R$108.981,22. A ponte é de concreto armado com vigas metálicas e, apesar de ter sido construída em 2015, apresentou problemas de rachaduras em sua estrutura. Os vereadores verificaram a real situação da ponte e conversaram com os funcionários municipais e com o Secretário Municipal de Agricultura, Alfredo Mendes do Vale sobre as providências que estavam sendo tomadas. Ao retornarem a Leopoldina, os representantes do Legislativo anunciaram que vão cobrar do Governo Municipal medidas urgentes e definitivas para eliminar qualquer risco para os usuários da estrada."

Por certo o mesmo está se baseando a documentos oficiais na Câmara, aonde dá conta que a obra foi construída em 2015, mas o que é mais grave então é que a inauguração foi feita no dia 26 de junho de 2016, ou seja, em plena campanha eleitoral para a reeleição, o que deixa claro que a obra foi usada politicamente. Se há divergências de informações é devido a publicação da imprensa na época "Jornal Leopoldinense", conforme release da Assessoria de Imprensa publicado no dia 01 de julho de 2016, dando conta que a inauguração aconteceu no dia 26 de junho de 2016.
Mas independente desse detalhe parabéns aos três vereadores que estiveram no local averiguando o fato real, Pastor Darci, Jacques Vilela e Rogério Suíno, esse que inclusive foi eleito na bancada do atual prefeito e em conversa comigo me disse que fará um trabalho independente, cobrando o que está errado e elogiando o que está correto.


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Ponte de Providência após 7 meses está afundando

Na manhã do domingo, 26 de junho de 2016, a Prefeitura de Leopoldina inaugurou a Ponte Jorge de Souza, de fundamental importância na ligação entre o distrito de Providência e a sede do município. Na ocasião as vésperas da campanha eleitoral foi dito que era uma obra moderna e houve muita comemoração entre os colaboradores do atual prefeito. 
Passado sete meses parece que a obra não é tão sólida como se pensava, ou devido ao prazo para ser entregue, a mesma está afundando e a realidade da mesma é outra. A imprensa divulga a situação é aguardamos uma posição da prefeitura. Veja como está hoje a obra:



Boatos falsos circulam entre os leopoldinenses e moradores pedem algumas providências do poder público

Que a cidade de Leopoldina desde a última eleição está dividida isso podemos notar,  pois a quantidade de votos nas duas chapas foi muito próxima. Mas há momentos que temos que tomar cuidado com os boatos lançados de boca em boca. Muitas pessoas me procuraram reclamando que o lago da Praça Félix Martins, reforma feita no ano passado, estaria com água podre e sendo um foco de dengue. Nesta segunda estive no local e observei que não é a verdade e que o mesmo está inclusive vazio, tanto o lago em si como a parte do painel histórico que conta a lenda do feijão Crú. Portanto a informação é inverídica e falsa e como trabalho com a verdade pude constatar em loco a situação, pode até ter ocorrido algum problema, mas hoje esse é o panorama.

Moradores do Bairro Nova Leopoldina reclamam que as árvores estão sem poda e enormes e há até aquelas que estão baixas prejudicando a passagem de pedestres e escurecendo as ruas. Vale lembrar que essa reclamação é geralmente de toda a cidade. Mas segundo sei o Meio Ambiente, preocupado com o período da choca de passarinhos, aconselha a poda nos meses que não tem a letra r, ou seja de maio a agosto de cada ano e o que ocorreu foi que a poda em 2016 começou tarde e não atingiu toda a cidade. A Energisa quando há o risco por causa dos galhos atingirem a fiação está podando as árvores e eliminando o problema neste período, ainda mais com a possibilidade de chuvas de verão que trazem muitos ventos e fortes chuvas quando chegam. As podas oficiais deste ano devem começar no final de abril e espera-se que desta vez a Prefeitura possa fazer a licitação ou a contratação de pessoal para podar as árvores antes do período previsto e com isso atender a toda a cidade.

Moradores que frequentam a Igreja de São José do Operário pedem que as autoridades façam uma visita nas proximidades da matriz e aonde funcionou a Clínica São José. Com o fechamento da mesma o local virou um ponto de usuários de drogas, um local utilizado para práticas não aceitas pela sociedade e além da sujeira, traz insegurança aos moradores e frequentadores do local. Há quem diga que a prefeitura poderia tentar criar um projeto para implantar lá, já que tem uma casa de apoio as pessoas com problemas psicológicos e que estão na Rua Gabriel Magalhães, casa inclusive que abriga ambos os sexos e num espaço limitado e que é de propriedade da família do atual vice prefeito. Segundo sugestões me enviada, na antiga clinica São José há espaço amplo que poderia abrigar esse trabalho social, bem como outros que estão espalhados em diversos pontos da cidade. O importante é tentar utilizar e evitar que seja mais um ponto negro na cidade. Fica aí a sugestão dos meus amigos internautas.

APAE está criando a CASA DA FAMILIA APAEANA


O Presidente de APAE Leopoldina, José do Carmo, nesta segunda, dia 30 de janeiro, me informou que a APAE está criando a CASA DA FAMÍLIA APAEANA que tem por objetivo ser um espaço para as mães e parentes dos atendidos da instituição ficarem durante o atendimento do usuário. Segundo ele neste espaço o projeto visa criar uma lojinha para venda de produtos, criar cursos de artesanato e outros que possam ocupar o tempo e dar oportunidade as famílias de se capacitarem e aumentarem seus conhecimentos e até renda. A mesma estará localizada nas proximidades da APAE, facilitando o acesso das famílias.

José do Carmo disse que o objetivo maior da sua gestão é trazer a sociedade para dentro da APAE e demonstrar através dessa ação como a instituição faz a diferença na cidade. No bate papo informal fui convidado a conhecer o projeto que esta sendo implantado e que provavelmente será inaugurado em 06 de fevereiro próximo. O mesmo ressaltou que está entusiasmado com a Celinha e sua equipe de colaboradores, que realmente fazem a diferença e tudo acontecer. 
José do Carmo que assumiu este ano tem por objetivo aumentar o número de contribuintes da instituição em até 10 % da população leopoldinense, em torno de 5.000, com isso dando uma sustentabilidade aos trabalhos prestados e com isso melhorando cada vez mais o atendimento.
José do Carmo é um entusiasta da APAE e tem uma diretoria participante e diz sempre diz que o trabalho não é o dele e sim da diretoria.

Boatos dão conta de problemas no CEFET para aquisição da sede do ex SESI em Leopoldina

Muitos boatos estão circulando sobre um possível problema na aquisição do CEFET Leopoldina da área que pertencia ao SESI Leopoldina, que foi fechado em 01 de janeiro de 2016. Alguns comentam que a negociação travou devido a crise econômica. 
Na realidade não sabemos se o pagamento do espaço já foi feito e aguardamos maiores notícias, mas tal boato pode ter surgido devido a uma mudança naquele local. Recentemente uma equipe de natação estava utilizando o espaço físico, a piscina, para seus treinamentos e inclusive tentou até promover uma colônia de férias no mesmo local, em contra partida os filhos de funcionários e colaboradores da unidade CEFET poderiam participar gratuitamente.
Mas a realidade é que espaços físicos de instituições federais não podem ser cedidos para que a pessoa faça a utilização cobrando alguma taxa dos usuários e a diretoria do CEFET ao observar o erro que estava cometendo resolveu por um ponto final na situação e proibiu a utilização do novo espaço e não deixou a realização da Colônia de Férias. 
Segundo me foi passado, extraoficialmente, a diretoria não tinha conhecimento de tal cobrança e por isso deixou o espaço ser utilizado, mas assim que verificou o fato proibiu a presença de pessoas envolvidas nesse projeto.
Como é de conhecimento de todos alguns projetos são feitos nas quadras do CEFET, como aulas de Basquete e outros esportes, mas os professores envolvidos com Edson Mateus (BOB) e Felipe Senra não recebem um centavo para o projeto e nem cobram de seus frequentadores nenhuma taxa, fazendo um trabalho social como era feito no SESI, antes de fechar. Inclusive a parceria do SESI com o CEFET na época em que eu era gerente foi nesse sentido, sediamos o espaço para pratica da educação física e utilizávamos a quadra e o auditório quando era necessário. Parabéns a diretoria do CEFET pela atitude e preocupação com o cumprimento da lei e por não beneficiar alguns projetos que são particulares e muitas vezes recebem apoio público sem efetivamente ter um lado social que o justifique em termos numéricos. Quanto a situação financeira e final da compra do CEFET não consegui tal informação até o momento.
Atualizando: na unidade daqui não consegui a informação se o pagamento foi feito do CEFET para o SESI MG,  mas fui informado que no contrato de venda há a previsão de 24 meses para esse pagamento a partir da assinatura do mesmo.

Recreio tem indice de Infestação do Aedes Aegypti maior que o aceitável

Conforme orientação do Ministério da Saúde os municípios brasileiros deverão realizar o levantamento do índice de infestação do Aedes Aegypti e em Recreio, no período de 3 e 24 de janeiro de 2017, o setor responsável pelo trabalho, a Vigilância Epidemiológica realizou o levantamento do índice de infestação e o resultado foi superior ao aceitável pelo Ministério da Saúde de 1%.  Ficou constatado que a área urbana registrou 2,3% de imóveis com incidência das larvas.
No levantamento foi verificados os seguintes focos positivos e respectivos bairros de Recreio:
  • Alto do Asilo (6 focos),
  • Arraial do Sapé (1 foco),
  • Avenida (1 foco).
  • Canto da Fábrica (3 focos),
  • Canto dos Ferreira (1 foco),
  • Centro (3 focos),
  •  Grotinha (3 focos),
  • Horto (2 focos),
  • José Taranto Luz – Cohab Dr. Irajá José Fernandes (2 focos),
  • Planalto (3 focos),
  • Sebastião Dadu Arruda (1 foco),

O que pode se observar é que a maioria dos focos foram constatados em toneis de água, bebedouro de animais, piscina, latas, pneus e ralo de dentro de casa. A pariticipação da população no sentido de eliminar os focos, não deixando água parada e colocar água sanitária nos locais. A Vigilância recebeu 9 notificações suspeitas de dengue em janeiro.
O mosquito Aedes transmite a dengue, o zika vírus, o chikungunya e a febre amarela e todo cuidado pouco já que cidades de Minas estão sofrendo um surto de febre amarela silvestre.

Em Leopoldina o trabalho também foi realizado espera-se a divulgação dos dados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Ontem a tarde um Professor do CEFET faleceu num acidente de carro em Astolfo Dutra

 Um acidente ocorrido na tarde deste domingo, 29 de janeiro, no Km 85 da rodovia MG-285, próximo a Santana do Campestre, distrito de Astolfo Dutra  deixou um morto e quatro feridos, dentre eles uma criança de 2 anos de idade, segundo informações obtidas no Pronto-Socorro do Hospital de Cataguases para onde três vítimas foram encaminhadas. Apenas a criança foi levada para o Hospital Santa Isabel, em Ubá, e seu estado é grave, conforme informações preliminares prestadas por parentes ouvidas pela reportagem de Marcelo Lopes.

Hugo Mota (foto ao lado), de 29 anos de idade, professor da Unidade CEFET Leopoldina morreu no local, natural de Cataguases, formado na FIC. Ontem a tarde ao saber do acidente publiquei no face book a notícia e entrei em contato com o editor Marcelo Lopes lhe passando essa informação. A noite uma funcionária do CEFET, Carla Ferreira, me confirmou realmente se tratar de um funcionário da unidade de Leopoldina e lamentou o ocorrido dizendo que era uma pessoa muito educada e de fácil acesso. Os funcionários do Cefet hoje iriam ao seu velório e sepultamento na cidade de Cataguases, Outras duas vítimas também são cataguasenses, uma mulher, inclusive, está grávida de seis meses e seu estado de saúde é o mais delicado, mas não conseguimos os dados das mesmas. O acidente foi atendido por duas Unidades do SAMU, sendo uma de Astolfo Dutra e outra de Rio Pomba, as mesmas estiveram no local do acidente e fizeram o resgate dos feridos, juntamente com uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Ubá.
A Rádio Jornal, através do programa DOMINGO ALEGRE, de Luiz Carlos Montenári deu a notícia em primeira mão que se tratava de um Professor do CEFET.

Renovação e novos registros do CRC - Certificado de Registo Cadastral para firmas interessadas em participar de licitações


Chamada Pública para aquisição de Gêneros alimentícios da Agricultura Familiar


Publicado no Diário Oficial do Município de Leopoldina Impedimento de licitar e contratar com Administração Pública

Proibição de participar de licitação e fazer contratos com a Prefeitura Municipal de Leopoldina veja a chamada pública 002;2016, acho até o numero saiu errado da mesma deveria ser 002/2017 acredito.

domingo, 29 de janeiro de 2017

O porquê das cores no Pronto Socorro e o que é considerado emergência ou urgência

Em muitos hospitais aonde há um pronto atendimento ou pronto socorro as pessoas ficam indignadas com a seleção de que será atendido primeiro, trata-se do Atendimento humanizado que o ministério da saúde orienta a todos os estabelecimentos ligados a saúde. O objetivo maior é identificar a urgência de condição do paciente assim que ele chega à unidade de saúde. Essa avaliação prévia garante o cuidado mais individualizado, descongestionando as filas e dá a família, ou acompanhante, a noção do tempo de espera.
As cores da Saúde
Vermelho - Caso de emergência: é necessário atendimento imediato.    

Amarelo - Urgência: o atendimento será realizado entre 10 e 30 minutos.·.
Verde - Pouco urgente: o atendimento será em cerca de 120 minutos. (duas horas)
A cor verde representa os casos de urgência relativa. Quando isolados, os sintomas que entram nessa categoria não exigem intervenção médica imediata: o enfermo pode aguardar pelo atendimento.

Azul - Não urgente:  A espera pelo atendimento é de até 240 minutos. (quatro horas)
O azul identifica queixas agudas, pedidos de receitas e troca de curativos. Os portadores dessa cor são acompanhados até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Laranja - Classificação opcional- Tratamento em até 10 minutos.
A cor laranja está presente em alguns hospitais. Trata-se de uma classe intermediária entre a vermelha e a amarela. Nesse caso, o problema é considerado “muito urgente”. 

Protocolo de classificação

VERMELHO
Adulto: queimaduras grandes, lesão na coluna vertebral, crise convulsiva, traumatismo craniano, coma ou perda de consciência.
Crianças: perda de consciência, arritmias cardíacas, parada cardiorrespiratória, dor intensa, queimaduras e hemorragias. 

AMARELO
Adulto: dores de cabeça intensa ou torácica forte, crise asmática, náuseas e vômitos com desidratação grave, febre alta.
Crianças: crianças especiais e deficientes físicos, recém-nascidos, febre com crise convulsiva, estado de pânico e cortes.

VERDE
Adulto: sinais de categoria “azul” em pessoas com mais de 70 anos, enxaqueca, dor de ouvido, gastrenterite, vômito e diarreia.
Criança: asma fora de crise, dor de ouvido, vômito e diarreia, sintomas gripais (os pequenos são direcionados a UPA).

AZUL
Adulto: sintomas gripais sem comprometimento respiratório, aplicação de benzilpenicilina, troca de curativos. 
Criança: curativos, retirada de pontos, avaliação de exames, aplicação de benzilpenicilina e retirada de receitas médicas. 

Entenda o processo de triagem 
Quando chegamos à unidade de atendimento (pronto socorro ou pronta atendimento), o paciente é recebido por enfermeiras treinadas, cujo trabalho é ouvir as queixas e fazer uma avaliação rápida e partir de padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde.
A gravidade do quadro é rotulada com uma das seguintes cores: vermelho, amarelo, verde e azul.
Em alguns prontos-socorros, os acolhidos chegam a receber pulseira com essas tonalidades para facilitar o trabalho dos profissionais de saúde. 

É claro que para nós leigos podemos ficar indignados, nervosos e até mesmo agressivos, pois não sabemos na realidade os sintomas que afetam as cores do atendimento, na realidade como acompanhantes dos pacientes sejam adultos, crianças, idosos e ainda mais sendo pai, mãe, filhos, sobrinhos ou apenas um amigo o nosso sistema nervoso por certo estará à flor da pele e consequentemente passamos esse sentimento nas atitudes e podemos ultrapassar os limites.
Neste caso o tempo de espera se triplica, passamos a nos sentirmos uma pessoa menor por causa de outros que chegam e às vezes passam na nossa frente.
Na realidade se houver um atendimento melhor nos PSF, nas Unidades Básicas de saúde, no preventivo o Pronto Socorro automaticamente terá um atendimento menor, pois o mesmo é para casos urgentes e imediatos.
A saúde além dos protocolos médicos tem que ter sim humanização por parte dos atendentes, de toda a cadeia de atendimento, desde a pessoa que faz o cadastro, a enfermeira que faz a avaliação até o médico que é o ponto final, pois quando uma pessoa está doente, passando mal por certo está bem debilitada psicologicamente e fisicamente e o tratamento influenciará no pronto restabelecimento.
Por certo você já deve ter tido a experiência de que quando passa mal, não consegue ser atendido pelo seu médico conhecido e que tem contato e o outro médico passa um remédio e o mesmo parece não fazer efeito, pois é já vivenciei isso.
E a casos que o médico de confiança no primeiro momento nem receita remédio, já viveu o caso do médico mandar dar para a criança carne de panela e batata frita na hora a revolta veio à cabeça, o porquê disso? Está me fazendo de bobo ou desprezando meu filho? Mas acaba fazendo e a criança melhora. Resultado o médico conhece tão bem seu paciente e pelo que foi narrado ele chega à conclusão que é apenas uma ansiedade passageira e a batata frita e a carne irá mudar o seu pensamento, pois a criança na maioria das vezes gosta desta guloseima e com isso modifica seu pensamento.
Há coisas que temos que entender, parece que é o fim do mundo, mas a realidade do dia a dia nos ensina muito e esse texto foi feito apenas para esclarecer alguns pontos.

Não quero aqui defender a ou b, a saúde precisa de melhorias e não é raro eu dizer a alguns políticos que acredito que ter alguém à frente de um setor de comando da saúde é interessante não ter um profissional da área, pois ai evita-se o protecionismo, a proteção da classe, geralmente enfermeiros, médicos, advogados e outras profissões inconscientemente se protegem e por isso essa desvinculação, já a área técnica sim deve ter pessoas ligadas à área para ajudar no andamento e esclarecer as dúvidas. Ou seja, o chefe pode ser um administrador no conceito das palavras, mas a área de apoio com certeza terá que ser técnica.

Baixa aqui a cartilha do usuário do SUS e veja seus direitos

sábado, 28 de janeiro de 2017

Recordar é viver, músicas que marcaram uma geração



Secretária de Saúde de Leopoldina informa que haverá o DIA D da vacinação contra a febre amarela

Em recente entrevista a uma emissora de rádio a Secretária Municipal de Saúde, Lúcia Gama, disse que a cidade estará recebendo do estado mil doses da vacina da febre amarela e essa quantidade não será suficiente para todos os leopoldinenses. O estado está dando prioridade a área que esta tendo o surto de febre amarela. Segundo a mesma assim que houver a entrega das doses a prefeitura será enviada uma circular a uma circular as rádio para marcar a data do DIA D, onde todos os PSFs estarão vacinando a população, lembrando que a duração da campanha dependerá da quantidade disponível. 
Na entrevista, na qual a mesma só respondeu sobre a febre amarela, a secretária lembrou que as pessoas que vão viajar para as áreas que estão acontecendo surtos, países que são obrigados a ter a comprovação de ter tomado a vacina é preciso que saibam que o prazo para fazer efeito é de 10 dias, ou seja, tem que se tomar antes da viagem para que faça efeito e tenha validade.
Explicou que o vírus é vivo e há algumas restrições para alguns pacientes tomarem e que não há necessidade de correrem aos psfs, pois não há registro de casos na cidade e região. A dose tem a validade de 10 anos, sendo que se você tomou duas doses com esse espaço não há necessidade de nova dosagem já está imunizado para o resto da vida. As novas vacinas já são dose unica e esclareceu ainda que se você perdeu seu cartão de vacinação e não sabe quando tomou a mesma, basta ir ao posto de vacinação ao qual foi vacinado e pedir o espelho das suas vacinas, mas alertou que se for campanha ai não há registro, como no caso que aconteceu em 1999, no governo do prefeito Márcio Freira.
A secretária disse que estará em breve em outros programas no futuro esclarecendo outras informações sobre a área da saúde e que os problemas antigos estão sendo sanados. Aproveitou para pedir a população para doarem sangue nas quintas e sextas feiras no Polo de Saúde do Hospital,no horário de 8 as 16 horas,  e que cada bolsa de sangue salva 4 vidas. O secretário de desenvolvimento, Valter Matos aproveitou para elogiar o polo e disse que pela primeira vez doou sangue na sexta feira, juntamente com  outros secretários e o próprio prefeito, conforme foi matéria de destaque na imprensa local.
Um destaque que ela fez e que concordo plenamente é o combate ao Aedes aegypti que é o mosquito que transmite a dengue, febre zica e chikungunya e a própria febre amarela é a melhor prevenção, já que se cada um fizer sua parte, limpando os quintais, os lugares que acumulam água e ajudando o poder público, pois a responsabilidade neste caso não é só do governo é da população em geral.  Como já disse em outras oportunidades o Aedes é um mosquito profissional e está aumentando o seu portfolio de transmissão de doenças.  

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

REAJUSTE PARA PROFESSORES MUNICIPAIS É APROVADO PELOS VEREADORES

A Câmara Municipal de Leopoldina realizou hoje (27/01) sua primeira reunião extraordinária do ano. Os vereadores compareceram ao plenário para analisar o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017 que concede reajuste anual de vencimentos aos professores integrantes do quadro do Magistério Municipal, a fim de adequá-los ao piso nacional dos Professores de Educação Básica. Essa atualização está de acordo com a Lei Federal nº 11.738/2008 que determina que o piso salarial seja atualizado, anualmente, no mês de janeiro.
Durante a reunião foi feita a leitura de um ofício encaminhado pela vereadora Kélvia Raquel justificando sua ausência e se posicionando favorável ao referido projeto. Os demais vereadores estiveram presentes.
Com a aprovação do plenário, o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017, após sua leitura, foi encaminhado a uma Comissão Especial, composta por Waldair Barbosa Costa, Antônio Carlos Martins Pimentel e Jacques Villela. Consultados pelo Presidente Darcy Portella, os membros da Comissão Especial se dispuseram a dar parecer durante a reunião, o qual foi aprovado pelos presentes.
Em seguida, o Projeto de Lei Complementar nº 01/2017 foi discutido,  aprovado em caráter de urgência por unanimidade dos vereadores e foi encaminhado para sanção do Prefeito Municipal.
Segundo o texto do projeto, para este exercício de 2017, o reajuste será de 7,64%, o que representa um incremento de 1,35% acima da inflação acumulada de 2016, que foi de 6,29%. O índice de reajuste foi calculado com base no crescimento do valor mínimo por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) no exercício de 2016, conforme preceitua a Lei Federal nº 11.738/2008.
De acordo com a Estimativa de Impacto Orçamentário, parte integrante do projeto, as despesas referentes ao reajuste totalizam um montante de aproximadamente R$492.166,87, comprometendo 0,46% da receita orçada no exercício financeiro atual.

Fonte: Diretor de Imprensa Câmara de Vereadores: Arnaldo Spindola.
Matéria Gratuita

Apesar das críticas, dos elogios e daqueles que apenas olham o Blog e Face, aqui é uma oportunidade de esclarecimento

Mais uma vez sinto-me feliz por que um blog com alcance limitado faz o papel que eu fazia nos meus programas de rádio há anos atrás, trazer para o debate os assuntos e o melhor esclarecer os fatos, ouvindo geralmente os dois lados e não fazendo, como muitos fazem, o papel de defensor de a ou b.
È claro que as vezes erramos nas analises, as vezes deixamos nos influenciar de uma forma ou de outra em alguns casos, pois somos seres humanos e como tal estamos sujeitos a erros e acertos.
Quando fazia rádio eu dava a oportunidade de todos participarem, fazia críticas e elogios aos governos em suas respectivas épocas e os secretários, quantas e quantas vezes utilizaram meu espaço para esclarecer e colocar a verdade dos fatos. Isso aconteceu até que um dia um prefeito e seu grupo de sócios resolveu que não fazia o perfil da emissora, no qual não era funcionário, mas comprava o espaço para o meu programa. Mas esse mesmo prefeito esqueceu que quando fora candidato eu fui o responsável durante um período pelo seu setor financeiro de campanha e quando passou fui eu que junto com outros fechei as contas da mesma, esqueceu que durante dois anos apresentei gratuitamente alguns eventos da prefeitura, que no passado guardei alguns pertences e controlei para ele os mesmos, mas a vida é assim mesmo, você vale o que tem e o que pode oferecer no momento, depois e descartado.
Mas nos últimos tempos pude esclarecer vários pontos como: suplementações pedidas pelo prefeito a Câmara de Vereadores, a situação política oficial da cidade que ainda não está definida, o caso POMAR, o aumento da passagem de ônibus urbano e até criticas sobre a saúde publica. 
Vários as reclamações de exames, consultas que fizeram dias, meses e anos na fila de espera, hoje um elogio ao Pronto Socorro e as controvérsias na questão de atendimento. 
Vi usuários revoltados com a questão Urgência e Emergência e uma profissional da área tentando esclarecer os fatos e sinto que o trabalho está dando resultado, pois o povo está cobrando mais e com isso se informando mais, agradeço aqueles que acompanham o blog, o face e as vezes me alertam de fatos dos quais não tenho conhecimento, me ajudam na cobertura dos fatos e muitas vezes recebo informações que não são publicadas pois só trabalho em cima de fatos oficiais, nos quais posso provar e esclarecer a realidade.
Em breve estarei tentando, com a ajuda de uma pessoa da área, trazer o que são as classificações no Pronto Socorro e nos hospitais, as tais cores, números ou classificações que vemos nos mesmos, como Urgência e Emergência, pois ai sim todos nós estaremos bem informados e preparados para ir a um local de emergência e saber o por que das coisas.
Sei que há pessoas e pessoas, mas isso é a vida, sei que não podemos agradar a todos, mas se cada um fizer um pouquinho e esclarecer um ponto já é um grande passo.

Atenção motoristas aprovados no concurso da Prefeitura de Leopoldina.. estão sendo convocados

Saiu nesta tarde de sexta feira, dia 27 de janeiro de 2017, mais três nomes para assumirem seus cargos junto a prefeitura Municipal de Leopoldina, os mesmos desta vez terão o prazo de 31 de janeiro a 06 de fevereiro para se apresentarem no Shopping Athenas, no primeiro andar para assumirem seus postos, caso não o façam ou não atendam aos quesitos serão substituídos por outros na sequência da aprovação.
Os convocados desta vez são:
Agentes de Serviços Operacionais - Motorista

  1. Wilmar Pereira Portela
  2. Elton Ramos Teixeira
  3. Alexa Martins Menezes
Os documentos e dados estão no edital abaixo:


Pregões em andamento na Prefeitura Municipal de Leopoldina, veja se pode participar

PREG - 4/2017

Pregão
Unidade: Serviços Urbanos
Data limite: 02/02/2017
Data de abertura: 02/02/2017
Horário de abertura: 08:30
Contratação de empresa especializada para futura e eventual contratação em Serviços de Manutenção e Reparos de Poços Artesianos do Sistema de Abastecimento de Água de diversas comunidades e dos Distritos de Leopoldina.
Em andamento

PREG - 2/2017

Pregão
Unidade: Prefeitura de Leopoldina
Data limite: 31/01/2017
Data de abertura: 31/01/2017
Horário de abertura: 09:00
Contratação de microempresas- ME, empresas de pequeno porte- EPP, ou equiparadas, especializadas na prestação de serviço de Publicações de Atos Oficiais no “Diário Oficial da UNIÃO/DOU”, para atender publicações da Administração Pública Municipal...
Em andamento

PREG - 3/2017

Pregão
Unidade: Prefeitura de Leopoldina
Data limite: 30/01/2017
Data de abertura: 30/01/2017
Horário de abertura: 08:00
Aquisição de gêneros alimentícios, materiais de limpeza e higiene para atender as escolas assistidas pelo FNDE (PNAP/PNAC/EJA/PNAF), QESE e diversos setores desta Prefeitura, durante o exercício de 2017.
Em andamento

Dira Paes destaca Cataguases no Estudio I na Globonews

Na Globonews nesta sexta, dia 27 de janeiro, no programa Estudio I Cataguases foi destaque devido a filmagem do longa metragem REDEMOINHO que irá ser lançado em todo Brasil a partir de 9 de fevereiro. 
A atriz Dira Paes encheu de elogios a cidade de Cataguases, pelo seu povo, pela beleza da cidade e pela acolhida e disse que pode sentar com os moradores e tomar o tradicional cafezinho, aprendeu muito com a comunidade e no dia 05 de fevereiro sera apresentado na cidade de Cataguases o longa metragem para quem participou e colaborou com os trabalhos.
De 20 de outubro a 19 de novembro, a cidade de Cataguases abrigou mais uma grande produção cinematográfica realizada com o apoio do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais. O longa-metragem “Redemoinho”, do diretor José Luiz Villamarim, é inspirado em obra do escritor cataguasense Luiz Ruffato, e tem produção de Vânia Catani, da Bananeira Filmes.
O filme é mais uma iniciativa do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, Instituto Fábrica do Futuro, Consórcio Intermunicipal de Cultura e o patrocínio da ENERGISA.
Filmado integralmente em Cataguases, o longa envolveu cerca de 60 pessoas, com expressiva participação de produtores e técnicos locais na equipe. No elenco, grandes nomes do cinema nacional: Irandhir Santos, Cássia Kis Magro, Júlio Andrade, Dira Paes, entre outros. A fotografia é de Walter Carvalho, Marcos Pedroso na direção de arte e roteiro de George Moura. 
Para fazer sua primeira incursão no cinema, José Luiz Villamarin inspirou-se no romance “O Mundo Inimigo”, de Luiz Ruffato, segundo livro da série “Inferno Provisório”, composta de cinco volumes. Com vasta e bem sucedida experiência na direção de novelas e minisséries, o diretor foi responsável pelo sucesso de audiência da novela “Avenida Brasil”, do remake de “O Rebu”, e das minisséries “O Canto da Sereia” e “Amores Roubados”, todos da Rede Globo.
Destaque da literatura brasileira da atualidade, Ruffato teve outro livro adaptado recentemente para o cinema. “Estive em Lisboa e lembrei de você”, do diretor português José Barahona, foi filmado em Cataguases em 2013, também no âmbito do Polo Audiovisual. 
Fonte: Globonews e Polo audiovisual.

Atendimento no Pronto Socorro gera elogios ao mesmo e autoridades no face

Um internauta, Iago Xavier, me marcou em uma publicação no face sobre a saúde,  onde um usuário relatou o seu atendimento no Pronto Socorro e onde fez elogios ao pessoal do hospital e da administração.
Abaixo trago o texto publicado e como não sou de me furtar de comentar, logo coloco meu comentário sobre o fato:
"No momento que surgem diversas críticas à Saúde Leopoldinense, através de publicações em blogs e outros veículos midiáticos , não poderia deixar de registrar meus elogios e agradecimentos ao atendimento recebido hoje pela manha junto a Casa de Caridade Leopoldinense. Fui picados por maribondos na minha propriedade rural, gerando assim tonturas, grande alergia e inchaço no local das picadas, sendo assim, desloquei até o hospital por volta das 10 horas da manhã, passando pela triagem e em apenas 15 MINUTOS de espera, fui atendido pelo médico plantonista, Dr. Andre Caetano, que me examinou e prescreveu toda a medicação necessária ( medicação essa que tinha no estoque do hospital), ressalta-se ainda que tinham dois médicos plantonistas à disposição da população.
Sendo encaminhado em seguida, para à enfermaria, aonde fui devidamente medicado e colocado em observação.
Neste mesmo local, outros diversos pacientes estavam agradecidos e parabenizavam o poder executivo pelo empenho em melhorias para a saúde local , bem como pelo serviço de limpeza/conservação e pelo rápido atendimento prestados pelos profissionais que ali trabalham.
Para minha surpresa, o amigo e prefeito Zé Roberto acompanhado do seu chefe de gabinete, Luiz Cabral, estavam no interior do pronto socorro acompanhando de perto os serviços ali prestados, aonde cumprimentou e se colocou à disposição de todos os Leopoldinenses que ali estavam internados.
Por essas razões , não posso deixar de parabenizar a atual administração da Casa de Caridade Leopoldina, na pessoa da provedora Verinha Pires, a Secretária de Saúde Municipal Lucia Gama , ao Vice prefeito Márcio Marcio Henrique Alvarenga Pimentel e ao amigo e ilustre Prefeito Dr. José Roberto de Oliveira pelos serviços prestados e desempenhados junto à saúde municipal frente a essa crise política/ética e financeira que o Estado de Minas e o país enfrentam.
Temos sim, um serviço de saúde público muito bom e de alta qualidade perto dos outros municípios e Estados do Brasil. #AtendimentoDePrimeiroMundo #OHomemTrabalhaMesmo #minhaTerra"
Como não me furto do assunto fiz o seguinte Comentário:

"Realmente já falei aqui que a acaba de Caridade tem um atendimento diferenciado, material humano se supera e apesar das dificuldades há a superação. Nunca critiquei o hospital. Esse depoimento reforça que há a necessidade de renovação do convênio do Pronto Socorro. Mas temos que ser realista que há falhas, basta olhar as queixas de várias pessoas, principalmente por parte de exames, consultas e não é verdade que as pessoas saem com o registro marcado, isso é mentira, pelo menos pelo que sei. Mas parabéns ao Pronto Socorro e a prefeitura pela sua manutenção e que seja renovado, que todos tenham o mesmo tratamento, independente de cor partidária, classe social ou amizade."

Obs. A pessoa que faz o elogio é filho da Assessora Jurídica da prefeitura, Ivete Freitas de Oliveira e sobrinho do Chefe do Terminal rodoviário, Ivandir Freitas de Oliveira, cargos de confiança da Prefeitura. Mas só esclarecendo para aqueles que me cobraram a informação.



Notificação feita a um proprietário de Imóvel no Bairro Pirineus para regularizar situação

Notificação ao proprietário de um imóvel localizado na Rua Joaquim Furtado de Menezes, sem número, Bairro Alto dos Pirineus para regularizar sua situação na Prefeitura.

Foram publicadas novas portarias da Prefeitura Municipal de Leopoldina veja a atualização

Desde o dia 01 de janeiro várias portarias foram publicadas no diário Oficial do Município e agora passo para vocês as mesmas atualizada até o dia 27 de janeiro, sendo que as que estão em branco não foram publicadas oficialmente e as mais escuras foram publicadas na data mencionada.
01 -Luiz Augusto Cabral - Chefe de Gabinete
02 - Viviani Cesar Correa -- Procuradora Geral do Municipio
03 - José Marcio Fajardo Campos - Controlador Geral
04 - Maria do Carmo Brandão Vargas Vilas - Secretária Municipal de Assistência Social
05 -Jussara de Almeida Thomaz - Secretária Municipal de Cultura
06 -Valter Carlos Gonçalves de Matos - Secretário Municipal de Desenvolvimento Economico
07 -Alfredo Mendes do Vale - Sec. Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento
08 - José Márcio Gonçalves Lima - Secretário Municipal de Obras
09 -Regina Lúcia Barbosa Britto - Secretária Municipal de Educação
10 - Edésio Gouveia Andries - Secretário Municipal de Fazenda
11 - João Paulo do Vale Fófano - Secretário Municipal de Governo
12 -Bruno Flores Gonçalves - Secretário Municipal de Administração
13 -Lúcia Helena Fernandes da Gama - Secretária Municipal de Saúde
14 - Ivete Freitas de Oliveira - Assessor Jurídico
15 -José Antonio Alcântara de Oliveira - Chefe de Seção de Medição
16 - Maria Luiza Machado Faria - Assessor Jurídico
17 - Edvaldo Franquido do Vale - Secretário Municipal de Esporte, Lazer e Turismo.
18 - Mário Rubens Antunes Faria - Superintendente de Planejamento Urbanístico
19 - Norma Suely Werneck Domiciano - Superintendente Contabilidade e Orçamento
20 - Soraya Fajardo Cury Gogliath - Assessor técnico administrativo
 21 - Marco Antonio de Toledo Gorrado - Secretário Municipal de Meio Ambiente
22 – Francisco de Assis Antonio = Chefe do Departamento de Apoio ao Produtos
23 - Sebastião Luiz Alvarez de Alencar – Motorista do Gabinete
24 – Juarez Távora Durtra – Motorista do Gabinete
25 -  João Batista da Silva – Chefe do Departamento de Obras e Saneamento
26 – Adriana Vieira da Silva e Souza – Contadora Geral
27 – Celso Luiz Lacerda Pimentel – Superintendente de Tributos e Finanças
28 – Aguida Werneck da Silva Ramos – Chefe do Departamento de Prestação de Contas
29 – Sinara Montes da Fonseca – Chefe do Departamento de Prestação de Contas
30 – Angelo Paixão de Almeida – Chefe do Departamento de Fiscalização Tributária
31 – Dimas Diego Domiciano Souza – Chefe Seção de Almoxarifado
32 – Jane Adriana Bonin Montan Neto – Pregoeira
33 – Karine Louzada Gomes - Pregoeira
34 – Antonio Carlos da Conceição Dibo, Superintendente de Planejamento, Gestão e finanças.
35 – Gilberto de Oliveira Tony – Chefe do dep. De Gestão Cemitério
36 – Ivandir Freitas de Oliveira – Chefe de Dep. Do Terminal Rodoviário
37 – Alessandro Otávio Monteiro – Chefe do Dep. De Limpeza Pública
38 – Lindalva Lamóia Teixeira Machado, Chefe do Departamento de Emprego e Renda.
39 – Designações de assinaturas bancarias Edésio, Celso Luiz e José Márcio Fajardo
40 – Karla de Oliveira Daniel Pimentel – Assessoria Executiva
41 – Juarez Esteves – Diretor do Distrito de Tebas
42 – Amanda de Oliveira Almeida – Superintendente de Desenv. Artística e Cultural
43 – Bianca Tavares Amaral – Coord. Municipal do PROCON
44 – Tiago Flores Crespo – Chefe do Dep. De Máquinas e Equipamentos
45 – Rachel Soares Faria Pereira – Chefe do Dep. De apoio ao Governo
46 – Josefa Aparecida figueira M. Lopes – Chefe do Dep. De Política de RH
47 – Jackeline Aparecida Correia Louzada, Chefe da seção de compras e cadastro.
48 – João Bosco Lisboa Netto, Chefe do Departamento do Arquivo Geral.
49 – Érica Pereira Bedim, Chefe da seção de Fiscalização e Licenciamento ambiental.
50 – Saulo Lopes Barbosa – Chefe do Departamento de Meio Ambiente
51 – Micheline Hufnagel Maranha de Moraes – Chefe dep. De Inspeção e Censo Escolar
52 – Luiz Cláudio Carneiro, Assessoria Técnica, vinculado a secretaria Municipal de Obras.
53 – Júlio César Martins Gonçalves, Chefe do Departamento de Imprensa.
54 – Ana Paula Nóbrega Mendonça, Chefe do Departamento  Pessoal.
55 – Elton Rusevel  Silva Guimarães, Chefe do Departamento de Controle Patrimonial.
56 – José Geraldo Cevidanes, Chefe do departamento de Trânsito.
57 -
58 – Leandro de Almeida Machado, Secretário Municipal de Habitação.
59 – Designa autorizadores de despesas da saúde, Lucia Gama e Edésio prefeito
60 -
61 – Francisco Antonio Marques da Silva. Diretor do Distrito de Abaiba.
62 – Cláudio Ney Bartole Neto, Diretor do Distrito de Ribeiro Junqueira.
63 – Marcio Rodrigues, Diretor do Distrito de Providência.
64 -
65 – Designando função de gestor municipal de convênios (várias pessoas)
66 – Dalva Monteiro de Oliveira, Chefe do departamento de Assistência Comunitária.
67 – Luciene Silva, licença maternidade prorrogada.
68 – Cyntia Iennaco de Moraes Barbosa – Chefe de Seção de Proteção Social Especial
69 – Marcelo de Paula Junqueira – Chefe do Dep. Do Serviço de Inspeção Municipal
70 –Antonio Carlos Dias – Coordenadoria Municipal de Defesa Civil
71 – Ana Carla Alvarenga Pimentel – Superintendente da Saúde
 72 – Fabrícia Guimarães  da Silva – Apoio Técnico Jurídico
73 – Ligério Luciano Barbosa – Chefe do Dep. De veículos
74 – Marilene Cardoso Portela – Chefe dep. De Protocolo e Registro
75- Maria da Penha Estevão – Chefe do Dep. De Compras e Licitações
76 – Sandra Moraes Tavares – Superintendente de Obras
77 – Amarildo Macedo Lima – Chefe do Depart.  De Manutenção de Vias e Prédios Públicos
 78 –Edésio e José Márcio – autorização de autorizar despesas e outros
79 – Maria do Carmo, Edésio, Celso e José Marcio para emissão cheques e outros  na Assist.Social
80 –
81 –
82 – Marcus Vinicius Pereira Costa – Asssessor de Comunicação
83 – Juliano Souza Lacerda – Chefe do Dep. De Ciências e Tecnologia
84 – Antonio Sérgio Furtado Leite -  Chefe do Dep. De Licenças e Fiscalização
85 –José Roberto da Silva – Chefe do Dep. De Seção  de Desenhos
86 – Isabella Netto Freitas – Chefe de Seção Interesse Social
87 –
88 – Nomea comissão Permanente de Licitações
89 –
90 –Comissão Organzadora do Carnaval 2017
91 – Maria da Conceição Souza Carminati – exoneração por aposentadoria
92 – Vanessa Lacerda Amorim – Chefe do Dep. Gestão de Policlinica  (sec. Saúde)
93 – Rogério dos Santos Cabral – Chefe da Secão de Veículos (Sec. De saúde)
94 – Nomeia Leiloeiras oficiais do município – vários nomes

95 – Homologação do Processo Seletivo Simplificado Professor PEB III – anos finais Ens.Médio

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Reunião no Hospital foi da Câmara com os representantes da entidade

Segundo informações repassadas pela diretoria de imprensa da Câmara de Vereadores, Arnaldo Spindola, a reunião foi uma oportunidade dos vereadores conhecerem a realidade da Casa de Caridade de Leopoldina (HOSPITAL) e participaram os seguintes vereadores: Pastor Darci, Waldair, José Augusto, Rosalvo, Didi da Elétrica, Jacques, José Ferraz, Elvécio e Rogério Suíno. Kelvia justificou ausência através de um oficio ao Administrador Volnei.
Em síntese: os vereadores conheceram a situação hospital, foram informados de que o convênio ainda não foi renovado (está em negociação). Wolney pediu que cada vereador buscasse apoio dos deputados estadual e federal para direcionarem verbas para o hospital. Foram levantadas as demandas mais emergenciais do hospital e os vereadores colocaram a Câmara a disposição da Casa de Caridade.
Na oportunidade o administrador esclareceu que não há nenhuma dívida da Prefeitura Municipal com a Casa de Caridade, todos os compromissos assumidos em 2016 foram quitados e o que há é a não assinatura do novo convênio e no dia 30 encerra o primeiro mês de 2017 e esse valor ainda não foi acertado e ficará em aberto.


Casa de Caridade Leopoldinense faz uma reunião com alguns vereadores de Leopoldina

Conforme publicou na sua página do face book o vereador José Augusto Cabral informou que aconteceu uma reunião entre a Provedora do Hospital, Vera Pires, o administrador da entidade, Wolney Aguilar e outros vereadores que não foi divulgado os nomes. O assunto tratado foi a renovação do convênio do Pronto Socorro entre a Prefeitura e a Casa de Caridade e ainda as maiores necessidades que há no momento. 
Não sei se na reunião foi mencionado se há algum atraso nos repasses do ano de 2016 para o Hospital e também se houve a participação de outras pessoas da comunidade. 
A reunião aconteceu nesta tarde de quinta feira. Maiores detalhes provavelmente serão divulgados pelo jornal de propriedade da família do vereador, OVIGILANTE ONLINE, que faz uma cobertura realmente diferenciada na cidade. Pela foto na matéria deu para ver que os vereadores Dr. Ferraz e Jacques Vilela participaram da reunião;


Atualizando a saga da senhora de mais de 60 anos a procura de receita para pegar ou comprar calmante

Infelizmente a senhor Maria Luiza Alencar Batista não está obtendo sucesso em suas investidas. Hoje ela esteve na Promotoria e ao explicar para o atendente o seu caso, quando citou que o médico dr. Dilfar do PSF do Bairro de Fátima não quis dar a receita para seu remédio controlado o mesmo disse que se o médico não deu é porque não há necessidade, mesmo ela informando que ele não dá receita de remédio controlado por não ter o prontuário do paciente (que acho que ele está corretíssimo e não pode assumir o risco sem documentos oficiais) e a partir daí deu um formulário para que a mesma preenchesse e depois entregasse na promotoria. Esse formulário seria para que fosse dado prosseguimento no pedido de providências. 
Portanto como eu já havia previsto a senhor Maria Luíza Alencar Batista agora terá que esperar o dia 31 de janeiro para consultar um psiquiatra e conseguir o seu medicamento para dormir. Como já narrei a mesma já sofreu de depressão e utiliza o remédio para dormir, pois como muitos sabem a pessoa que tem algum problema neurológico precisa descansar e caso não aconteça isso poderá ter futuros problemas e no caso dela, poderá entrar em depressão, ainda mais porque tem uma irmã deficiente sob o seu cuidado e há o desgaste junto ao PSF Alto da Ventania com o tratamento recebido.
Sempre ressalto que a saúde é o ponto que mais precisa de atenção, pois quando o paciente chega ao PSF, UBS ou UPA ou em qualquer outro setor da saúde já vai debilitado, muitas vezes com baixa estima e sofrendo, a atenção é primordial. Quantas vezes um simples sorriso, uma atenção para ouvir o paciente já não ajuda na melhora e na auto estima das pessoas.
Segundo a senhora em questão a sua prima que estava junto tentou argumentar, mas nem sequer foi ouvida, perguntada se a dona Maria Luíza já tinha se consultado com um psiquiatra a mesma informou que nunca a encaminharam, sempre foi receitada pelo médico do PSF e agora não sabe o que fazer. Ela teve a impressão que houve um contato com a secretaria e agora ela terá que levar o formulário preenchido, mas não tem como provar que usa o remédio, pois a ficha do paciente fica em poder do PSF e não será fornecida a ela com certeza.
Infelizmente por causa de uma simples receita para um calmante, tantos transtornos e nenhuma solução. Infelizmente a Justiça, a política são lentas e as pessoas muitas vezes por serem humildes passam por essas situações. 
Será que na rede pública não tem uma pessoa que poderia pegar o prontuário no PSF e levar a um médico da rede e conseguir a receita e o remédio?
Mais uma vez fica provado que o povo é que se lasque, pois não há aonde recorrer e nós fazemos papel de bobo nessa cidade aonde a SAUDE É REFERÊNCIA REGIONAL...
Me desculpe dona Maria Luíza não sei o que dizer, só lamentar, pois depois de anos de trabalho na prefeitura, depois de aposentar, depois de procurar seus direitos chegamos a conclusão que tudo foi em vão e não há consideração com ninguém nesta cidade...
É pedir a DEUS (quem acredita e tem fé) para ter pena do Leopoldinense, pois dos homens não espero mais nada...